Pub
Pub
artigo
imprimir

Ovos: como escolher e conservar

Em função da casca e do rótulo aprenda a escolher os ovos, saiba como conservá-los e como testar a sua qualidade.

Os ovos são um alimento rico do ponto de vista nutricional, mas para fazer uma escolha acertada no ato da compra, potenciando os seus benefícios, siga os conselhos da nutricionista Patrícia Segadães.

 

1 ovo

87 calorias
6,7 g de lípidos
<0,5 g de hidratos de carbono
6,7 g de proteínas

A melhor escolha: ovos biológicos

«Os ovos de criação biológica são provenientes de galinhas criadas ao ar livre, em terreno coberto por vegetação, e alimentadas essencialmente por cereais biológicos. Em comparação com as restantes variedades, têm duas vezes mais ómega-3, 3 vezes mais vitamina E e betacaroteno, 4 vezes mais vitamina D e 70 vezes mais folato.» Em alternativa, «os ovos de galinhas criadas ao ar livre não biológicos, em que uma parte da alimentação é ração e a outra é feita ao ar livre são também uma boa opção.»

artigo

196.

6 razões para escolher alimentos bio

O preço é sinónimo de qualidade

«Os ovos biológicos ou ovos de galinhas criadas ao ar livre são, regra geral, mais caros do que os restantes. Por essa razão, o preço pode ser indicador de que estamos perante um ovo de melhor qualidade.»

O tamanho dos ovos não importa

«O tamanho é influenciado por fatores como as características genéticas das galinhas: a sua idade – animais em início de postura e no final do ciclo produtivo tendem a colocar ovos mais pequenos –; e a estacão do ano e/ou a quantidade de luz a que a galinha e exposta. Estes aspetos não interferem na qualidade nutricional do ovo, a qual está intimamente ligada a alimentação do animal, as condições sanitárias em que é criado e ao seu manuseamento.»

A casca: quanto menos brilhante, melhor

«A coloração da casca varia entre a branca e a castanho-escura consoante as características genéticas da galinha, ou seja, da sua raça e não tem influência direta na qualidade nutricional do ovo. Independentemente da cor da casca, ovos frescos são mais opacos, sem brilho e ásperos. Ovos com mais tempo tendem a perder a opacidade e a tornarem-se mais brilhantes e de textura mais lisa. Sempre que possível, deve optar por ovos cuja casca seja o menos brilhante possível.»

Ovos: saber comprar

Abra a caixa dos ovos e «certifique-se de que não estão partidos ou de que não contem fissuras, rodando cada um para perceber se há aderência à caixa; se houver, é sinal de que houve uma fuga do conteúdo interno do ovo e por isso não estão em condições de serem consumidos. Prefira os que têm um prazo de validade mais alargado e respeite-o. O ovo é um alimento sensível. Ovos com mais de 28 dias não mantêm as características nutricionais e o risco de contaminação aumenta».

O ovo é fresco? Faça o teste do copo de água

O teste simples e rápido de colocar o ovo num copo de água para verificar se ainda está em condições de ser consumido é bastante útil:

 

  • É fresco «Se o ovo for ao fundo com a ponta mais larga para baixo, é porque é fresco.»
  • Não é fresco «Se se mantiver no fundo do copo, mas com a parte pontiaguda para baixo, é porque já não é tão fresco, mas ainda pode ser consumido».
  • Pode estar estragado «Se se mantém ao cimo da água, é sinal de que é um ovo velho possivelmente estragado, que deve ser rejeitado.»

 

Para preservar a qualidade nutricional dos ovos…

 

  • «Guarde os ovos, idealmente, no frigorífico. Pode mantê-los à temperatura ambiente, se não for muito elevada, mas terá de os consumir mais rapidamente.»

 

  • «Coloque-os numa prateleira e não na porta do frigorífico. É aqui que há mais impactos e alterações de temperatura e por esta razão é o pior local para guardar este alimento.»

 

  • «Evite guardá-los nas estruturas em acrílico do frigorífico. Além de expor o ovo a alterações de temperatura, estas estruturas provocam facilmente microfissuras na casca do ovo. A caixa original, regra geral de cartão, é suficiente para proteger os ovos de possíveis impactos.»

 

  • «Mantenha a parte mais pontiaguda do ovo para baixo. Isto impede que a gema seque.»

 

Junte-se à comunidade Diabetes 365º!

Referências
  • Revista Prevenir

artigo
imprimir
anterior seguinte