Pub
Pub
artigo
imprimir

A diabetes e a tensão arterial

Sabia que cerca de metade das pessoas com diabetes têm tensão arterial alta? É importante ter atenção tanto ao controlo da tensão arterial, como aos níveis de glicemia.

Em primeiro lugar, a hipertensão arterial, também comumente chamada de tensão alta, é um problema de saúde sério que pode, por vezes, não apresentar sintomas. No entanto, algumas das possíveis complicações associadas a este problema ocorrem em órgãos importantes. Por exemplo:

 

  • Coração (ex.: angina ou enfarte agudo do miocárdio)
  • Cérebro (ex.: demência ou acidente vascular cerebral [AVC])
  • Rins (ex.: insuficiência renal)
  • Olhos (ex.: retinopatia)

O que significam os valores da tensão arterial?

Na medição da pressão arterial há, assim, 2 componentes essenciais:

 

  • Tensão máxima ou sistólica.
  • Tensão mínima ou diastólica.

 

Falamos em hipertensão arterial quando a tensão máxima (isto é, sistólica) está acima dos 130 mmHg e/ou a tensão mínima (ou seja, diastólica) está acima dos 80 mmHg em 3 ocasiões diferentes. Por isso, para prevenir eventuais complicações de forma eficaz, deverá manter a pressão arterial abaixo destes valores.

 

Assim, numa primeira fase a hipertensão arterial pode ser prevenida ou controlada através de modificações no seu estilo de vida.

 

quiz

26.

Que alimentos evitar na diabetes?

Evite os seguintes fatores que favorecem o aumento da tensão arterial

Excesso de peso

 

Dieta pobre em fibras e rica em gorduras

  • Coma frutas, vegetais e alimentos com baixo teor de gorduras saturadas.

 

Excesso de sal

  • Modere a quantidade de sal que usa ao cozinhar e evite os enchidos.

 

Excesso de café

  • Prefira tisanas ou infusões que não aumentem a frequência cardíaca.

 

Excesso de bebidas alcoólicas

  • Não beba bebidas brancas. Se optar por bebidas alcoólicas, prefira vinho tinto e só 1 copo à refeição.

 

Falta de exercício físico

  • Ande a pé todos os dias. Tenha uma vida ativa!

 

Stresse

  • Faça exercícios de descontração. Aprenda a respirar fundo e pratique uma atividade física.

 

Tabaco

  • O tabaco é, igualmente, um fator de risco para as doenças do coração e da circulação.

 

Porém, se mesmo seguindo à risca estes conselhos não consegue controlar a sua pressão arterial, pode ser necessário o uso de medicamentos. Em certos casos são necessários 2 ou mais medicamentos diferentes para um controlo adequado (pois cada um atua de forma distinta) e o seguimento de um tratamento rigoroso.

 

Nunca deve deixar de tomar os seus medicamentos sem consultar o seu médico. Mesmo que sinta efeitos secundários é muitas vezes possível o seu médico ajustar a dosagem para reduzir o impacto, mas sem comprometer o seu tratamento da hipertensão.

Recomendações gerais

 

  • Vigie periodicamente a sua tensão arterial;

 

  • Sempre que for à consulta fale com o seu médico sobre os valores da sua tensão arterial;

 

  • Se em 3 ocasiões diferentes os valores forem superiores a 130 mmHg e/ou 80 mmHg consulte o seu médico;

 

  • Registe os seus valores de pressão arterial no intervalo das consultas e leve o registo ao seu médico na consulta seguinte.
artigo

23.

A diabetes e o ginásio: os cuidados a ter

Fontes

Referências

  • Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP)
artigo
imprimir
anterior seguinte