Pub
Pub
artigo
imprimir

Como perder gordura abdominal?

A gordura que se acumula no abdómen traz consigo a possibilidade de desenvolver outros problemas de saúde mais graves. Por isso, importa perguntar: como perder gordura abdominal?

Ao pensar “como perder gordura abdominal”, deve antes tentar perceber o que é. E como se forma este tipo de gordura. À medida que atingimos a chamada meia-idade, a quantidade de gordura corporal aumenta. Sobretudo nas mulheres. Claro que isto não quer dizer que isso não possa acontecer em pessoas mais jovens.

 

Estes quilos extra vão, muitas vezes, alojar-se na zona do abdómen. Por isso é que chamamos a este tipo de gordura, gordura abdominal ou visceral.

O que é a gordura abdominal?

Ao contrário da gordura subcutânea (aquela gordura que conseguimos tocar com a mão) a gordura visceral vai acomodar-se bastante fundo no abdómen. Aí, preenche os espaços entre os órgãos que lá se encontram.

 

Segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS), a acumulação de gordura nessa zona começa a fazer-se notar pelo aumento do perímetro abdominal, ou seja, o perímetro da cintura (que pode ser medido com uma fita métrica maleável). O problema é que enquanto ganhamos novas curvas, os problemas de saúde também aumentam.

 

Alterações no metabolismo, maior risco de vir a desenvolver doenças cardiovasculares, ou mesmo alguns cancros. São alguns dos principais problemas da gordura abdominal. Um outro, é a maior probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2.

artigo

265.

O que é a gordura visceral?

Como perder gordura abdominal é um passo para o controlo e prevenção da diabetes. Os doentes que sofrem com a doença devem colocar essa preocupação na ordem do dia. Ainda assim, o aumento da gordura abdominal não implica, ou prediz com rigor, problemas graves de saúde. Falar com o médico é por isso essencial. Para que, em conjunto, decidam como atuar.

 

Por tudo isto, importa que nos perguntemos: como perder gordura abdominal? Em baixo, encontra 5 estratégias que pode (e deve!) começar a adotar já.

Como perder gordura abdominal?
  • Como perder gordura abdominal?

    Menos açúcar e refrigerantes? Sim, por favor!

    Pensa-se que o excesso de consumo de açúcar possa ser a principal causa de acumulação de gordura no abdómen. Mas também no fígado, onde pode causar ainda outro tipo de problemas. Isto é muito verdade com bebidas açucaradas, como os refrigerantes.

     

    Contudo, vários estudos mostraram que, de uma forma geral, cortar com alimentos muito ricos em hidratos de carbono (açúcares, de uma forma simples) é bastante efetivo. Sobretudo na redução da gordura visceral que se acumula em redor dos órgãos.

     

    1 / 5
  • Como perder gordura abdominal?

    Proteínas e fibras por todo o lado

    Comer alimentos ricos em proteínas ajuda a ter um metabolismo mais elevado. Isto reduz a sensação de fome. Fazendo desta uma ação eficaz na redução do peso. Além disso, as proteínas ajudam na redução da gordura abdominal.

     

    Analogamente, há alguma evidência de que uma dieta rica em fibras solúveis (muito presentes em frutas, cereais, legumes e vegetais) leva à redução da quantidade de gordura visceral. Com os todos os benefícios que isso traz para a saúde.

    2 / 5
  • Como perder gordura abdominal?

    Sabe ler rótulos?

    Aprenda sempre a comparar e a pesar os prós e contras de vários tipos de marcas. A quantidade de hidratos de carbono, proteínas e fibras que pode encontrar em certos alimentos está muitas vezes descrita nos rótulos. Assim, alguns iogurtes, por exemplo, dizem-nos que têm baixa quantidade de gordura, mas são muito mais ricos em açúcares adicionados do que outros. Certos molhos, maioneses e temperos de saladas disponíveis nos supermercados tendem a ser muito ricos em gorduras e a terem muitas calorias.

    3 / 5
  • Como perder gordura abdominal?

    A mexer é que a gente se entende

    O exercício físico é sem dúvida uma das medidas mais eficazes na redução da gordura abdominal. Por um pedaço pequeno do seu dia, vai obter em troca melhorias muito importantes na sua saúde. Na gordura visceral, o exercício parece ser particularmente eficaz, ao reduzir os níveis de insulina em circulação. Esta circulação, normalmente daria um sinal ao corpo de que devia guardar a gordura. Todavia, o exercício também comunica ao fígado que deve usar a gordura que se encontra principalmente na zona do abdómen. Assim, esses depósitos de gordura tendem a esvaziar.

     

    O tempo que deve dedicar a fazer exercício todos os dias depende dos seus objetivos de redução de peso. O médico ou o farmacêutico poderão ajudá-lo nessa decisão. Ainda assim, para a maior parte das pessoas, 30 a 60 minutos diários de exercício moderado a intenso, farão toda a diferença.

    4 / 5
  • Como perder gordura abdominal?

    Faça um plano, não dieta. O seu corpo agradece

    Ter noção do valor nutricional dos alimentos que ingere não significa pesar e medir tudo o que come. Já fazê-lo durante alguns dias, de seguida, pode ser muito útil. Para que, a partir daí, possa perceber o que está em falta na sua alimentação, aquilo de que pode prescindir e os excessos que pode estar a cometer. E assim sendo, escolher um plano alimentar que pode manter sempre.

    5 / 5
Fontes

Referências

  • Direção Geral da Saúde (DGS)
  • Harvard Health Publishing
  • Healthline
  • John Hopkins Medicine
artigo
imprimir
anterior seguinte