Pub
Pub
artigo
imprimir

Como prevenir infeções urinárias

Saber prevenir infeções urinárias é tema para interessar a muitas pessoas. No entanto, os diabéticos, cuja probabilidade de infeção é maior, vão beneficiar em especial de o saber.

É fácil perceber porque hoje em dia prevenir infeções urinárias é tão importante.

 

As infeções do trato urinário são uma das infeções bacterianas mais frequentes. Um estudo europeu refere que 1 em cada 5 mulheres adultas tem pelo menos um episódio ao longo da vida. Além disso, as infeções urinárias motivam em todo o Mundo mais de 7 milhões de visitas médicas. E são responsáveis por 15% dos antibióticos prescritos.

 

Estima-se ainda que mais de metade das mulheres tenha pelo menos uma infeção urinária ao longo da vida. E um terço sofra o primeiro episódio até aos 24 anos de idade.

 

Por todos estes fatores, é fundamental que sejam corretamente diagnosticadas e tratadas. Mas é possivelmente ao prevenir infeções urinárias que os doentes diabéticos, cuja probabilidade de virem a desenvolver este tipo de infeções é maior, estão a desempenhar melhor o seu papel.

Pessoas com risco mais elevado

As mulheres estão em maior risco de desenvolver infeções urinárias dos que os homens. Isto acontece porque as mulheres têm uma uretra mais pequena – o canal que leva a urina para fora da bexiga. Isto faz com a bactérias entrem na tanto na uretra como na bexiga mais facilmente. Principalmente uma bactéria que dá pelo nome de Escherichia colii ou só E. Coli.

 

Contudo, outros fatores incluem:

 

  • Atividade sexual frequente.
  • Novos parceiros sexuais.
  • Utilização de algum tipo de anticontracetivos.

 

Todavia, tanto nos homens como nas mulheres, o risco de infeção urinária é maior quando:

 

  • Os doentes têm um sistema imunitário enfraquecido.
  • Há outras anormalidades do trato urinário.
  • Existem bloqueios no trato urinário, como sejam a pedra no rim ou uma próstata aumentada (no caso dos homens).
  • Uso de cateteres.
  • Houve antes uma cirurgia urinária.
artigo

81.

A diabetes e as infeções urinárias

5 passos para prevenir infeções urinárias

Dizer adeus aos sintomas comuns a este tipo de problema começa por prevenir infeções urinárias. Assim, sintomas como o ardor, a vontade frequente em urinar e outros, podem ser evitados ajudando a manter as bactérias causadoras fora do nosso corpo:

 

1. Beber muita água e ir várias vezes à casa de banho

 

A maneira mais simples de prevenir infeções urinárias. Retirar bactérias da bexiga e do restante trato urinário antes de estas terem tempo de se instalar. Igualmente, ao hidratar, mais vezes terá vontade de ir à casa de banho. E mais bactérias vai excluir do seu sistema.

 

2. Limpar sempre de frente para trás

 

As bactérias tendem a estabelecer-se em torno do ânus. Porquanto, ao limpar-se de frente para trás, especialmente depois de pôr o intestino a funcionar, elas terão menor probabilidade de atingir a uretra.

 

3. Lavar-se antes de uma relação sexual e urinar de seguida

 

Antes de mais nada, use sabão e água antes do sexo. Isto manterá as bactérias longe da uretra. Urinar de seguida tenderá a expulsar as bactérias que tenham entrado.

 

4. Não usar produtos de higiene íntima que possam ser prejudiciais

 

Evite os duches vaginais, desodorizantes em spray, pós aromáticos e outros produtos de higiene íntima com um potencial irritante.

 

5. Repensar os métodos contracetivos usados

 

O diafragma e o uso de espermicidas (ou preservativos lubrificados com) podem contribuir para o aparecimento de infeções urinárias. Afinal, todos contribuem para o desenvolvimento bacteriano. Pode pensar em mudar de métodos contracetivos ou começar a utilizar um lubrificante à base de água para a secura vaginal.

Prevenir infeções urinárias com arando vermelho

Os produtos que mais recomendados se veem para prevenir infeções urinárias são os produtos à base de arando vermelho.

 

Mas, afinal, a sua eficácia não foi demonstrada. O arando vermelho possui uma substância que dá pelo nome de proantocianidina tipo A. Esta evita que bactérias se liguem ao trato urinário. No entanto, não se sabe que quantidade tem de estar em circulação para que esse efeito ajude a prevenir infeções urinárias.

 

Na verdade, não há mal em experimentar. Geralmente encontra à venda sumo ou comprimidos de arando vermelho.

 

Mas atenção: não tome este tipo de suplementos sem cruzar primeiro essa informação com o seu médico ou farmacêutico. Referindo sempre a restante medicação que está a tomar!

Prevenir infeções urinárias em grupos específicos

 

Nos idosos

 

Os idosos têm maior probabilidade de vir a ter infeções do trato urinário. Mulheres na menopausa vão beneficiar de fazer terapêutica prescrita pelo médico de reposição dos estrogénios. Os estrogénios aparecem diminuídos a partir de determinada idade. Então, isto afeta o equilíbrio bacteriano da vagina.

 

Em bebés e crianças

 

As infeções da bexiga e dos rins são as infeções do trato urinário mais comuns neste grupo. Prevenir infeções urinárias é por isso muito importante. Os pais devem, assim:

 

  • Levar as crianças à casa de banho a cada 2 /3 horas.
  • Assegurar-se que a bexiga fica completamente vazia.
  • Levar o tempo necessário na casa de banho com eles.
  • Ensinar as meninas a limpar-se de frente para trás.
  • Evitar vesti-los com roupa interior apertada.
  • Evitar banhos de espuma.
  • Manter as crianças hidratadas.
Fontes

Referências

  • Associação Portuguesa de Urologia
  • Healthline
  • WebMD
artigo
imprimir
anterior seguinte