Pub
Pub
artigo
imprimir

Os benefícios dos vários tipos de infusão

Existem vários tipos de infusão de plantas ou frutas. Ao natural, são bebidas saudáveis, hidratantes e deliciosas. Algumas podem mesmo ter benefícios para a saúde e ao nível do controlo da diabetes. Neste artigo, damos-lhe a conhecer quais.

Os vários tipos de infusão, muitas vezes chamadas «chás», existem há milénios. Conseguem-se sempre que se infusionam folhas, cascas, raízes ou frutos de plantas em água quente. Ou seja, por ação do calor, os compostos aromáticos presentes nestas plantas são transferidos para a água, dando-lhe o seu sabor e aroma tão característicos.  

Infusão ou chá?

A principal diferença entre infusão e chá tem que ver com a origem da planta. Todas as infusões feitas a partir de camelia sinensis são chamadas chás verdadeiros e contêm cafeína. Incluem os chás verde, branco, vermelho, preto e oolong. Quando se utilizam outras plantas (camomila, erva-príncipe, tília, limão, menta, hibisco, etc.), falando corretamente, temos infusões e não chás. Estas não contêm cafeína. No entanto, o termo «chá» é utilizado mesmo quando a infusão não é feita a partir da planta «verdadeira».

 

Benefícios dos tipos de infusão

 

Os vários tipos de infusão são uma boa alternativa aos sumos, refrigerantes e álcool. São saborosas, hidratam, não têm calorias e podem ser consumidas frias ou quentes. Além disso, por serem feitas à base de plantas, podem mesmo ter efeitos benéficos para a saúde.

Infusões e diabetes

Optar por uma infusão é uma excelente escolha de bebida por parte das pessoas com diabetes. Por não conterem açúcar, as infusões não afetam a glicemia. Além disso, promovem a hidratação do organismo. Isto não só contribui para um melhor controlo da glicemia, como ajuda as células a funcionarem bem e facilita a gestão da diabetes.

 

Acredita-se ainda que vários tipos de infusão possam ter propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o que ajuda a controlar a doença.

 

artigo

495.

Que chá posso tomar na diabetes?

Tipos de infusão e propriedades

Alguns estudos atribuem determinadas propriedades às seguintes infusões:

 

  • Gengibre: anti-inflamatório e hipoglicémico (promove a diminuição da glicemia).
  • Hortelã-pimenta: antioxidante.
  • Roseira-brava: anti-inflamatório, diurético, anioxidante e fonte de vitamina C.
  • Salva: antioxidante e calmante.
  • Erva-mate: protetor cardiovascular e do fígado.
  • Camomila: antioxidante e regulador da glicemia.
  • Canela: pode ajudar a diminuir a glicemia.
  • Hibisco: acredita-se que ajuda a diminuir a resistência à insulina e diminui a tensão (pressão) arterial.
  • Limão: anti-inflamatório e regulador da glicemia.
  • Cúrcuma: pode melhorar a sensibilidade à insulina e contribuir para controlar a glicemia.

 

Infusão? Sim, com cuidados!

 

É importante acostumar-se ao sabor natural da infusão. Adicionar açúcar ou mel, além de aumentar o valor calórico, pode desregular a glicemia. Misture plantas, adicione canela ou limão, mas evite a todo o custo adicionar açúcar. Tenha atenção às infusões em saquetas. Muitas podem ter adição de açúcar, leia sempre os rótulos.

 

Algumas infusões de plantas podem interferir com medicação. O hipericão, por exemplo, diminui o efeito dos imunossupressores. Pode levar à rejeição de um órgão transplantado. Algumas plantas também interferem com os antidiabéticos orais, como a metformina. Se toma medicação, fale com o seu médico sobre as infusões e ou chás que deve evitar.

 

Por outro lado, o hibisco pode causar quebras de tensão e o sene tem poderosos efeitos laxativos. Se tiver sintomas desagradáveis ao tomar alguma infusão de plantas, pare imediatamente o seu consumo. Se não melhorar, consulte um médico.

 

No geral, os vários tipos de infusão constituem uma opção de bebida saudável. Basta não adicionar açúcar nem mel. Hidratantes, saborosas, aconchegantes ou refrescantes, existem infusões para todos os gostos. E com vários benefícios para a saúde.

 

Para mais, junte-se à comunidade Diabetes 365º!

Referências
  • Medical News Today

  • Healthline

  • WebMD

artigo
imprimir
anterior seguinte