Pub
Pub
artigo
imprimir

Tomar a vacina da gripe na diabetes

Chega o inverno e, com ele, a gripe. A campanha de vacinação arranca em Outubro e existem certos grupos de risco nos quais a vacina é fortemente recomendada, entre eles pessoas com diabetes.

A vacina da gripe é recomendada em vários grupos de risco, entre eles pessoas com diabetes.

Tenho diabetes, devo tomar a vacina da gripe?

A gripe é uma infeção viral que atinge os pulmões e as vias aéreas, provocada pelo vírus influenza. É frequente nos meses de inverno e a sua principal complicação é a pneumonia. Apesar da gripe ser provocada por um vírus, o facto de deixar o sistema imunitário em baixo cria suscetibilidade a que ocorra sobreinfeção pulmonar por outros microrganismos, como bactérias.

 

Anualmente é realizada a campanha de vacinação contra a gripe. Como as estirpes variam e se alteram, as vacinas são atualizadas todos os anos para que sejam mais eficazes. Por isso, é importante vacinar-se todos os anos.

 

Graças à vacinação, é possível prevenir que ocorram casos e complicações da gripe, principalmente nos grupos de risco.

 

Grupos de risco

 

Nem todas as pessoas têm indicação para tomar a vacina gripe. Todos os anos, a Direção-Geral da Saúde (DGS) lança uma norma, disponível online, na qual estão referidos os grupos de risco a quem a vacinação é altamente recomendada. Estes grupos alvo são pessoas cuja idade e doenças os tornam mais suscetíveis às complicações.

 

 

Os grupos prioritários na campanha de vacinação são:

 

  • Pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, particularmente se residentes em instituições;
  • Grávidas, independentemente do tempo de gravidez;
  • Coabitantes e cuidadores de pessoas de alto risco que não possam ser vacinadas;
  • Profissionais de saúde, bombeiros, profissionais de creches e jardins de infância, profissionais de estabelecimentos prisionais;
  • Pessoas que apresentem certas doenças que se encontram listadas na norma, e nas quais se incluí a diabetes mellitus. No caso da diabetes, a vacinação é gratuita através do SNS.

 

Pessoas entre os 60 e os 64 anos também devem ser vacinadas contra a gripe.

artigo

182.

O conceito de envelhecimento saudável

Diabetes e gripe

 

A diabetes é considerado um grupo prioritário porque os indivíduos com diabetes possuem mais tendência a sofrer complicações graves da gripe. Para além disso, ter infeções significa um risco acrescido do controlo glicémico ficar comprometido. Isto é, o açúcar ficar descontrolado e ocorrerem episódios de hiperglicemia (açúcar muito elevado).

 

Por este motivo, é fundamental que, se é diabético, faça a vacina da gripe. Está provado que a vacina reduz as complicações, bem como os internamentos e a mortalidade por gripe.

 

Para além da vacina da gripe

 

Tal como acontece com a covid-19, a lavagem frequente das mãos, tossir para o cotovelo e o uso de máscara ajudam a evitar a propagação da gripe. Manter hábitos de etiqueta respiratória é indispensável para evitar infeções respiratórias.

 

Outras vacinas recomendadas para pessoas com diabetes são as vacinas contra a pneumonia. Se ainda não é vacinado, fale com o seu médico de família.

 

Por fim, junte-se à comunidade Diabetes 365º!

artigo
imprimir
anterior seguinte