Pub
Pub
artigo
imprimir

Diferentes tipos de manchas na pele

Quando observa a sua pele, provavelmente já reparou na existência de diferentes tipos de manchas na pele. Sabe quais são os diferentes tipos que existem?

As manchas na pele têm imensas causas, consoante a sua origem. E também diferentes níveis de gravidade. A diabetes induz vários tipos de alterações dermatológicas. Originadas tanto pelas alterações metabólicas da doença, como pelas consequentes alterações vasculares e neuropáticas. No entanto, diferentes tipos de manchas na pele podem não ter correlação direta com a diabetes.

 

A formação de manchas é um processo complexo. E, ao contrário do que possa parecer senso comum, mais frequente em tons de pele mais escuros do que nos mais claros.

 

Ainda assim, aqui ficam alguns tipos de manchas na pele que podem estar relacionadas com a diabetes.

 

artigo

56.

Sinais da diabetes que se veem na pele

Tipos de manchas na pele

Dermopatia diabética

 

Estes são os tipos de manchas na pele mais comuns nos doentes diabéticos. Com efeito, aparecem maioritariamente nas pernas. São pápulas redondas, opacas e vermelhas que evoluem para manchas castanhas.

 

Hiperpigmentação pós-inflamatória

 

Manchas castanhas que surgem na consequência de uma ferida ou lesão. Acima de tudo, são muito mais frequentes nas peles mais escuras e podem tornar-se permanentes. A melhor forma de as prevenir é evitar a exposição solar direta nessa zona. E colocar protetor solar para evitar que a mancha se torne permanente, uma vez a ferida fechada.

 

Informe-se junto da sua farmácia que pomadas ou produtos cosméticos poderá também aplicar para reduzir ou eliminar este tipo de manchas na pele.

 

Melasma

 

Também comummente designado por «pano» esta é uma mancha castanha, habitualmente no rosto, embora também possa surgir em outras áreas expostas ao sol. Pode, ou não, ser consequência de exposição solar excessiva. Embora o mecanismo do melasma seja conhecido, as suas causas não são. O processo ocorre devido a uma desregulação da produção de melanina (o pigmento castanho da nossa pele) por parte das células que a produzem, os melanócitos. A melhor forma de prevenir estas manchas é a utilização diária de protetor solar nas zonas expostas.

 

Sobretudo, o tratamento destas manchas passa pela utilização de fármacos. Despigmentantes ou cosméticos com ingredientes antioxidantes.

 

Melanoma ou lesões pré-melanoma

 

O melanoma é um tipo de cancro de pele visível. Manifesta-se através de um novo sinal ou de um sinal existente que adquiriu contornos irregulares e/ou uma cor mais escura. Por esta razão é que é aconselhado fazer um check-up anual aos seus sinais.

 

Lembre-se, acima de tudo que diferentes tipos de manchas na pele são sinais externos de alguma questão de saúde. Por isso, não se esqueça de mostrar qualquer alteração cutânea ao seu médico.

 

Nesse sentido, para estas e mais informações sobre o tema, junte-se à comunidade Diabetes 365º!

Referências
  • Journal of the European Academy of Dermatology and Venereology

  • National Health Service (NHS)

artigo
imprimir
anterior seguinte